Terça-feira, 26.08.14

Associações de defesa dos animais estão muito apreensivas com a quantidade de animais que têm sido abandonados por comunidades nómadas e que provocam acidentes de trânsito. Sempre com olho para o negócio, o nosso vendedor cigano preferido e consultor de moda de Marinho Pinto, Faustino Pechincha, apresenta mais um produto inovador inserido nesta temática: “É verdade, sim senhor! Queria agradecer mais esta oportunidade ao senhor Ricardo Cata-Vento e ao senhor Paulo Touriga por me deixarem publicitar este exclusivo mundial. Trata-se da versão cigana do jogo GTA (Grand Theft Auto) em que os jogadores ganham pontos por cada animal que não atropelem na estrada entre Moura e a Vidigueira: 10 pontos por cada cavalo escanzelado, 5 pontos por cada ovelha semi –tosquiada, e 2 pontos por cada lacrau ou coelho com stress pós-traumático. Ai, que é o jogo mais lindo de todos os tempos! E tomem lá que é para não dizerem que os ciganos não se preocupam com os animais. Este jogo vai ser a sensação de verão por todo o país e também em Mourão, freguês! Este jogo é muito próximo da realidade: quando o jogador perde, não perde uma vida, mas vê a sua habitação camarária demolida por uma retroescavadora da Cambra da Vidigueira e fica com o seu Mercedes com a junta da cabeça queimada. Enfim, é só para verem que a vida de um cigano não é só vender blusas da Lacorte, perfumes da Donna Kara, ou um telemóvel Çoni Eriquessom! Aaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!”

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:28 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 24.08.14

A situação no BES e a sua divisão em Banco Novo e Banco Mau continua a dominar a atualidade informativa do nosso país e em Vales Mortos. Segundo dados do Turismo do Alentejo, o número de veraneantes na Praia de Messejana aumentou exponencialmente. Ao que parece, os turistas que dominam aquele espaço são portugueses, espanhóis, malaios e uma espécie em vias de extinção que se chama “acionista do BES”. O nosso correspondente em Corte Vicente Anes conseguiu falar com o senhor Filomeno Crash Bolsista, ex-acionista do BES e ex-membro dos Onda Choc: “Eu sou um otimista e acho que tudo se vai resolver. Esta Praia de Messejana não é nenhuma Comporta mas também não está nada mal. Só é pena que os mosquitos não queiram brincar aos pobrezinhos connosco, dizendo que têm reputação a defender e não querem ter nada a ver com o banco. De resto, é ótima: a água é um caldinho e as bolas de Berlim recheadas com sericaia são fenomenais. Só é pena que na Marina de Jungeiros não haja Gin ou Caviar…” afirmou.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 23:50 | link do post | Não confirmo, nem desminto

“Diz ao meu Arlindo que o amo muito e que deixei o resto de arroz de pato no forno. É só aquecer…” – foi assim que a Dona Felismina Ácaro se despediu quando faleceu na sala de espera do Hospital de Beja, com uma pulseira azul. Estes parasitas espalharam-se pelos tubos de ventilação do hospital e ainda foi equacionada uma desinfestação, mas tal não veio a ser necessário. “Eles foram desaparecendo aos poucos” – explicou um auxiliar, que acrescentou: “Uns comeram sopa da ala dos diabéticos, não aguentaram a falta de sal, e acabaram por falecer. Outros perderam a cabeça por estar tanto tempo à espera de uma consulta de oftalmologia que enlouqueceram e acabaram na ala psiquiátrica. Um horror, eles não aguentaram isto!” – concluiu. “Cheguei de Santa Bárbara dos Padrões com os Bombeiros de Castro às 10 da manhã e são 9 da noite e ainda estou aqui!” – afirmou Hermenegilda Ácaro. “É uma vergonha! Desde que invadi o ar condicionado do Hospital de Évora que não era tão mal tratada. Já me fizeram análises ao sangue, já fui atendida por um médico espanhol que fala como um palhaço rico do Circo Chen e estou aqui que nem posso com a ciática! Se eu fosse um ácaro cigano já me tinham atendido!”.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 23:48 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 30.07.14

A Torre de Menagem esteve encerrada durante esta semana para ser alvo de obras beneficiação, mas, segundo apuramos, as “obras de beneficiação” tinham outros objetivos escondidos. A Torre vai aproveitar esta pausa para fazer uma biopsia com Maya, a astróloga da Correio da Manhã TV que realizou uma intervenção deste tipo pela televisão. “Estou farta! Tinha consulta marcada desde 1755 para a semana passada, mas como coincidiu com a greve dos médicos só me marcaram nova consulta para 2035. Ora, eu posso parecer muito rija, mas não sei se aguento tanto tempo!” – explicou a Torre de Menagem, que acrescentou: “Tenho uma pontada que me arrepanha aqui as janelas e parte da varanda a meio da torre. Nem posso estar voltada para S. Matias que são uma dores que não se pode estar. Só eu sei o que sofro com isto! Com o antigo Hospital da Misericórdia, é só obras de melhoramento e miminhos: reboco do melhor e apliques do IKEA. Eu é só salitre e musgo nas articulações. Posso ser de pedra, mas não sou de ferro!” – balbuciou a Torre de Menagem, enquanto soltava uma lagrimita.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 13:35 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Terça-feira, 29.07.14

Depois de ter sido nomeado embaixador internacional contra a construção da Barragem do Tua, o surfista norte-americano foi convidado para algo verdadeiramente grande: ser o embaixador da Praia de Messejana. A mítica praia alentejana, também conhecida como a “Riviera francesa a sul de S. Manços” e a “Costa da Caparica do Concelho de Aljustrel”, quer dar o salto e ser conhecida um pouco por todo o mundo e também no Rosário. O americano confidenciou-nos o porquê do apoio a este fenómeno da natureza: “Falaram-me maravilhas! Dizem que tem uns supertubos ao nível da Praia de Quintos ou da Praia da Mina de S. Domingos. Devem-se ajudar estes locais e as suas gentes. Sítios como a Marina de Rio de Moinhos ou o Porto de Jungeiros são o que a economia regional e nacional precisam para crescer! Aliás, reza a lenda que, quando o céu está limpo, do Porto de Jungeiros se vê o canal do Panamá e o canal Panda”, declarou.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 16:49 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 23.07.14

Este verão promete ser quente também na política, com as eleições no PS. António Costa recebeu os apoios de inúmeros nomes ligados à cultura, à tauromaquia, à culinária e à decoração de interiores. Mas o magnetismo político de Costa é tal que até pessoas que já não estão neste mundo apoiam António Costa. Exemplo disso é o apoio de Luis Montez, genro de Cavaco, pessoa que não está neste mundo. Além disso, nomes da cultura como Mariana Alcoforado, Mário Beirão e Florbela Espanca também manifestaram, publicamente, o seu apoio: “Eu reconheço uma pessoa séria quando a vejo. Posso dizer que o António Costa não é nenhum trapaceiro como o Hollande. E acreditem em mim, que tenho formação em franceses trapaceiros…” declarou Mariana Alcoforado. Costa, que esteve na nossa região, registou com agrado as declarações da Irmã Mariana, ao mesmo tempo que prometeu a criação, só para o Baixo-Alentejo, do Ministério do Cluster Aeronáutico, do Ministério da Morfina e do Ministério da Praia da Tapada Grande. 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:00 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quinta-feira, 17.07.14

O ressurgimento da população do coelho bravo, presa predileta do lince ibérico, representa uma grande oportunidade para a introdução desta espécie na nossa região. Tudo indica que o lince será colocado no concelho de Mértola a pedido… do próprio! “Quando estava no meu Mac a preencher o formulário de adesão a este programa de introdução do lince ibérico, a minha primeira escolha foi Beja!” explicou Silvestre Whiskas Saquetas, que acrescentou: “Escolhi Beja porque era a capital! Tinha as empadas de frango do Luiz da Rocha, o mercado 25 de Abril e mais gajas boas do que Ermesinde! Mas quando soube que não haveria programação no Pax Julia, desisti imediatamente! Assim, como é que vou ver o concerto de música Jazz que só tem 30 pessoas a assistir? Onde é que vou ver o Grupo de Bailado de Tiblisi? De modos que desisti e escolhi Mértola: posso ir à pesca no Guadiana, almoçar nos Corvos e sempre fica mais perto de Huelva onde gosto de comer puntillitas com o meu primo que é mascote dos Cheetos…”.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:43 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Apesar das visitas ao local, e de um militar coreano ter ficado viciado em pão de rala para o resto da vida, a Força Aérea da Coreia do Sul já não vai criar uma escola de pilotos na Base nº 11. Apesar de se ter avançado que a mesma não teria sido criada por motivos políticos, o nosso correspondente na Avenida 5 de Outubro em Lisboa descobriu que o verdadeiro motivo foi outro: o Ministério da Educação, na sua demanda de fechar todas as escolas que tenham menos de 21 alunos, proibiu a escola sul coreana, fazendo o mesmo com escolas de condução, escolas de comentadores políticos e “escolas da vida” – sim, aquelas que as pessoas com o 9º ano incompleto ostentam nos seus perfis no Facebook. Depois das recusas da Força Aérea Coreana, da Força Aérea Americana e da Força Aérea do Monte da Semblana, há uma nova hipótese para a base bejense: a Coreia do Norte está interessada em abrir a escola de pilotos com 125 mil alunos adoradores do Grande Líder Kim Jong-un (que significa Saddam Hussein em coreano). Fonte do Ministério da Defesa afirmou que os norte coreanos querem formar pilotos nas mais modernas técnicas de combate, e estão a tentar trazer para o Alentejo a temível esquadra de papagaios de papel, a Legião de Pirilampos Assassinos e dois B-52’s em Lego equipados com fisgas mortíferas.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:32 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 16.07.14

Mais uma machadada nas aspirações do aeroporto de Beja. Segundo o “Expresso” – jornal que tem tanto prazer a dar notícias sobre o aeroporto de Beja como Moura Guedes tinha
a dar notícias sobre Sócrates – o único voo comercial foi cancelado. Recorde-se que a ligação aérea entre Beja e Paris estava prevista até outubro, mas a empresa responsável
decidiu desviar a rota para Lisboa. “Não se justificava!”, adiantou fonte de doenças da empresa, “fazer um voo semanal para trazer o Sócrates, a Linda de Suza, duas baguetes e o talento futebolístico do João Moutinho, é jogar dinheiro à rua!”, explica um dos responsáveis da empresa proprietária do Boeing Dino Meira. Mas uma investigação conjunta “Não confirmo, nem desminto”/Nicolas Sarkozy/Petit Patapon descobriu que há razões mais obscuras: foi Mark Zuckerberg, líder do Facebook, quem decidiu cancelar o voo, tratando-se, assim, de mais uma etapa do plano daquela rede social para manipular as emoções dos seus utilizadores. Ao que parece, Zuckerberg contactou Passos Coelho com esta ideia. Ao princípio, o primeiro-ministro recusou, mas depois de oferecer três vidas no Candy Crush Saga e uma compilação dos melhores vídeos de gatos a salvar crianças, o plano concretizou- se. O Facebook fartou-se de tentar manipular as emoções com imagens de bebés fofos e de pessoas a dançar em flash mob’s e agora lança-se em coisas mais à séria, estando prevista a intenção de utilizar as obras de recuperação do Castelo de Beja para forrar a torre de menagem com papel de parede. Os internautas alentejanos não esperaram muito tempo para expressar a sua raiva na rede social com expressões como: “sakanas dum raio, pah!”, “era encostá-los a uma parede…” e ainda “vende-se trator semi novo. Não sei a marca, só sei que é azul. Mande mensagem privada!”.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:24 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Esta semana ficou marcada pelo facto do clube de Alvalade celebrar 108 anos de vida. Parabéns ao Sporting e a todos os sócios e simpatizantes! Para celebrar este acontecimento está quase a ir para o ar a Sporting TV, o novo canal de televisão do clube que estará disponível em todos os fornecedores de televisão por cabo e em tablets de cortiça. Segundo apuramos, na primeira semana será emitida uma reportagem em que se explica porque é que os campos no Alentejo não são verdes no verão e de como isso é mau. Além disso, também poderá ver outros programas de interesse como “Querido, mudei o cabelo à Maria José Valério!”, “Verão Verde” – versão leonina da série Verão Azul em que Capel fará de Chanquete – o documentário da BBC “Ânus, esse fenómeno fisiológico” – programa com bolinha – e a telenovela de 8410 episódios “O Eusébio era para ter jogado no Sporting, mas os lampiões roubaram-no!” – José Carlos Pereira interpretará os papéis de Eusébio e do roupeiro Paulinho. Por outro lado, a Benfica TV, acossada pela concorrência, também está a renovar a grelha de programação. A partir do setembro, o clube da Luz emitirá dois filmes de terror intitulados, “Minuto 92, o ataque do Kelvin” e “Minuto 92, o Chelsea é mer**”. Também poderá ver o programa de informação financeira “Como vender um central argentino aos russos e perder um disparate de dinheiro” e outro sobre vinhos com a apresentação de Manuel Vilarinho.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:22 | link do post | Não confirmo, nem desminto | todas as sextas, no Diário do Alentejo (1)

Sexta-feira, 11.07.14

Depois de ter sido nomeado embaixador internacional contra a construção da Barragem do Tua, o surfista norte-americano foi convidado para algo verdadeiramente grande: ser o embaixador da Praia de Messejana. A mítica praia alentejana, também conhecida como a “Riviera francesa a sul de S. Manços” e a “Costa da Caparica do Concelho de Aljustrel”, quer dar o salto e ser conhecida um pouco por todo o mundo e também no Rosário. O americano confidenciou-nos o porquê do apoio a este fenómeno da natureza: “Falaram-me maravilhas! Dizem que tem uns supertubos ao nível da Praia de Quintos ou da Praia da Mina de S. Domingos. Devem-se ajudar estes locais e as suas gentes. Sítios como a Marina de Rio de Moinhos ou o Porto de Jungeiros são o que a economia regional e nacional precisam para crescer! Aliás, reza a lenda que, quando o céu está limpo, do Porto de Jungeiros se vê o canal do Panamá e o canal Panda”, declarou.    

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook

 



Ricardo Cataluna às 17:36 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quinta-feira, 03.07.14

“É um cenário dantesco!”. Foi o que nos relatou o nosso correspondente no Barreiro depois de ter assistido à última reunião do PS em Lisboa. Militantes a discutir, gritos, arremesso de exemplares da biografia do Sócrates, entre outras coisas menos próprias. “Pareciam os primeiros 20 minutos do ‘Resgate do Soldado Ryan’, mas com pessoal que usava
gravata e a Ana Gomes”, acrescentou o nosso correspondente que já evidenciava sinais de stress pós-traumático. Todavia, estes momentos de escuridão e de desespero preparam-se para dar lugar à ascensão do novo Messias, o homem que, tal como Jesus Cristo, tem um apelido começado por C, sinal evidente da sua predestinação. Falamos de António
Costa que continua a lutar para suceder a Seguro na liderança do PS, na esperança de guiar o partido e o País num rumo repleto de algodão doce e unicórnios. O presidente da Câmara de Lisboa anda a fazer campanha pelo País e está a fazer um grande esforço junto de militantes do PS na região para os convencer de que ele é o homem certo. Segundo
apurámos, Costa conseguiu transformar Panrico (criação de Lúcifer) em pão alentejano só com o olhar. Depois, dividiu as águas do Alqueva em duas para que os militantes as possam atravessar, ou de burro ou de Ferrari, e ir votar na sua candidatura. “Costa é o meu pastor e nada me faltará!”, afirmou um entusiasmado militante do PS. “Ele fará outros milagres como curar militantes da cegueira política, transformar a água em água com gás ou, o mais difícil de tudo: unir as esquerdas! Ele congregará numa mesa pessoas tão díspares como Jerónimo de Sousa, Louçã, Garcia Pereira, Carmelinda Pereira, Pacheco Pereira, Nuno da Câmara Pereira, José Carlos Pereira, Ricardo Pereira e Afirma Pereira!”. Depois, terminou com uma oração: “Oh Costa/ tu que estás na Cambra da Capital/ santificado seja o teu faro político/ venha a nós a Terceira Via/ seja feita a tua vontade/ assim no Rato como em S. Bento/ e não nos deixes cair na bancarrota/ e livrai-nos do Seguro/ Ámen”.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 14:28 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 30.06.14

Realizou-se, no passado fim-de-semana, mais uma edição da Arabic Fest. O evento decorreu dentro da normalidade, com atividades no castelo e noutros pontos da cidade. Todavia, a Arabic Fest ficaria marcada pela intervenção da ASAE que visitou o local, passando multas, confiscando material e fazendo o Hezbollah parecer um grupo de escuteiros. Ao que apuramos, a ASAE passou multa a dois muçulmanos por não terem a barba com a altura regulamentar e pediu à PSP que bloqueasse dois camelos estacionados em segunda fila. Além disso, confiscou 70 virgens prometidas num sorteio a todos os visitantes que realizassem compras superiores a 50 euros. Consta que, segundo a ASAE, as virgens não teriam o selo de Denominação de Origem Protegida e não estavam devidamente acondicionadas em lugar fresco e bem ventilado.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:51 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Sexta-feira, 20.06.14

“Pronto, devolvemos a Base Aérea de Beja e ainda leva de oferta uma marmita com ovos de codorniz cozidos com alho picado e azeite, e não se fala mais nisso. O que é que me diz a isto, chancelerina?” Foram estas as últimas palavras de Passos Coelho quando falou com Angela Merkel no intervalo do Portugal X Alemanha do passado dia 16. Antes, Passos tinha proposto comprar todos os cd’s dos Modern Talking e dos Scorpions disponíveis em hipermercados e bancas dos ciganos do país inteiro, mas nem isso demoveu Merkel. O objetivo passava por fazer com que a seleção alemã parasse de massacrar a equipa portuguesa, que se transformou numa espécie de equipa do Inatel do campeonato do mundo. “Levámos uma sova de todo o tamanho! Desconfio que nem a Anne Frank sofreu tanto às mãos dos alemães!” – explicou o repórter de desporto da nossa página, Gabriel Alves, que acrescentou: “Faltou um dirigente ir ao balneário e dar um raspanete aos jogadores. Mas o Jorge Mendes estava ocupado… A verdade é que os alemães respiraram de alívio quando se aperceberam que afinal na seleção portuguesa não ia jogar o Paulinho Santos, antigo jogador que faz o Pepe parecer um ursinho carinhoso.”

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 16:02 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 18.06.14

Segundo o presidente da EDIA, a zona do Alqueva tem sido um alvo muito apetecível para empresários de todo o mundo e para Isabel dos Santos, com investimentos que podem chegar aos 400 milhões de euros. Produtores de beterraba, papoila, caviar, entre outros produtos, estão a mudar-se de armas e bagagens para aquela zona. No Governo abrem-se garrafas de champanhe em celebração de mais um milagre económico, se bem que no Alqueva o milagre já atingiu uma dimensão… religiosa: uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/Padre Carreira das Neves apurou que três pastores da Amieira descobriram o ministro da Economia a pairar sobre uma azinheira, ao pé do Pedrogão, onde anunciou as boas novas do crescimento económico e perguntou onde é que se comprava um pão alentejano que não tivesse a côdea muito rija. Depois, anunciou três segredos aos pastores: o primeiro, é que o Governo não faz ideia de como é que se está a dar a recuperação económica; o segundo, é que os juízes do Tribunal Constitucional são filhos de Lúcifer que vão destruir a humanidade; o terceiro, é que o segredo para Paulo Portas manter os dentes brancos é bicarbonato de sódio. 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:23 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Terça-feira, 17.06.14

É uma das notícias que marca a atualidade e a Não confirmo, nem desminto está a acompanhar os últimos desenvolvimentos graças ao contributo do nosso enviado especial à Isla Mág… a Madrid… é isso… – refira-se que o repórter teve de ser escoltado pela Guardia Civil ao passar pelo Rosal de la Frontera após ter sido aliciado por Emílio, o célebre comerciante daquela povoação, que lhe queria vender à força toda uma esfregona, um pacote de gomas e a liderança do PS. Mas voltando ao que é importante, foi com surpresa que o mundo assistiu à abdicação do trono de D. Juan Carlos, o que causou estranheza noutros monarcas, como foi o caso da Rainha de Inglaterra, do Rei da Holanda, do Rei dos Frangos de Moscavide, do Nuno da Câmara Pereira, e de Nico Gaitán, Rei das assistências no campeonato português. O único monarca que ficou genuinamente satisfeito com esta decisão foi o Rei Babar que publicou no seu Instagram a imagem que acompanha esta notícia, com o título “Esta é pelo meu primo no Botswana, bitch!”. Vários órgãos de comunicação social dizem que o filho de Juan Carlos, D. Felipe, será o sucessor, mas ainda nada está garantido. Segundo apurámos, o ainda rei de Espanha prefere abdicar a favor do Rei do Carnaval de Sines em troca da possibilidade de poder caçar elefantes no Badoca Park. Ao que parece, o monarca espanhol pretende entreter-se durante a reforma, sendo que outro dos seus afazeres será investigar porque é que os filhos de D. Duarte são louros quando o pai é moreno.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook

 

 



Ricardo Cataluna às 21:29 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 16.06.14

Bill Gates ajuda a criar o preservativo perfeito.



Ricardo Cataluna às 12:32 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quinta-feira, 12.06.14

Foi um PS Beja muito abatido aquele que enviou um comunicado para a nossa delegação em Trigaches: depois da mágoa por não ter sido convidado para a sessão solene de atribuição de medalhas municipais do passado dia 29 de maio, o partido não calou a sua revolta por não ter sido convidado para um evento de idêntico relevo – o Rock in Rio. “Uma vergonha!”, é o título do comunicado, escrito com o sangue de António José Seguro. “A senhora dona Roberta Medina deve ter muitos amigos com aquele feitiozinho! É para nós incompreensível que o PS tenha sido privado de poder ver os Rolling Stones. É público e notório que o PS aprecia muito os reformados e os Stones não são exceção. Aliás, na sede do PS de Beja está o primeiro álbum dos Stones gravado em osso de dinossauro e autografado por todos os membros da banda em sânscrito! Além disso, o PS de Beja anuncia que aprecia muito os Rolling Stones, especialmente a capacidade do senhor Mick Jagger cantar a segurar no microfone e num andarilho em simultâneo – e é a esta gente que o Governo quer cortar pensões! Exigimos um pedido de desculpa do Rock in Rio ao PS de Beja, um partido que tudo fez para que o Justin Timberlake fizesse um dueto com a Tonicha! Um partido que adoraria ter visto a senhora dona Ivete Sangalo cantar a mala de cartão da Linda de Suza! Um partido que nunca viu os Xutos tocar ao vivo. Nunca! Exceto na Ovibeja. E nas festas da cidade. E no velhinho estádio Flávio dos Santos. E nos Infantes. E pronto, no Pax Julia, mas tirando isso, nunca os viu! Não há direito! Quando o António Cos… Seguro chegar ao Governo, vão ver como elas doem! O Galamba faz-vos uma espera!”

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:53 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 11.05.14

É verdade, prezado leitor, a Não confirmo, nem desminto fará uma pausa forçada durante o mês de maio. Ao que parece, o autor desta página – sim, esse homem-moderadamente-obeso- embora-extremamente-sensual – foi raptado na praia de Quintos por piratas da Somália enquanto molhava os calos nas margens do ma… do rio. A Polícia Judiciária está a investigar o caso e, segundo apuramos, o rapto terá sido ordenado por Geada de Sousa que confidenciou a amigos ser o mandante. “É para ver se esse engraçadinho para de mencionar o meu nome para efeitos humorísticos, como é o caso do que se passa nesta peça!” - declarou. Na redação do jornal jorravam-se lágrimas de dor e sofrimento, tendo como expoente máximo dessa desilusão o seu diretor. Paulo Barriga, ao saber deste infeliz acontecimento, terá dito as lendárias palavras: “Mas quem é esse fulano?”. No próprio Governo há quem queira fazer algo sobre este assunto mas só depois das Europeias, por considerar que agora não é tempo de discutir este e outras questões sérias como o aumento do salário mínimo, a castração química de unicórnios e o referendo sobre se os partos devem ser em casa ou no hospital. A página estará de regresso no mês de junho. Aos nossos quatro leitores, apresentamos as nossas desculpas.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:51 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Sábado, 10.05.14

Isto é lindo! Aposto que a outra frase que teria na manga seria: "Com uma carinha laroca dessas, aposto que és modelo! Qual é a tua agência? A Ganadaria Brito Paes?"

 

 



Ricardo Cataluna às 22:12 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Sexta-feira, 09.05.14

O Primeiro-Ministro de Portugal, e cantor de músicas do Paulo de Carvalho no SingStar, esteve presente na inauguração de mais uma edição da Ovibeja. Os presentes puderam confirmar, mais uma vez, que o homem que preside aos destinos do país não tem lábio superior, nem cauda bifurcada, apesar do cheiro a enxofre. Foi um líder do PSD muito simpático aquele que esteve presente em Beja, distribuindo cumprimentos, abraços e beijos da morte a pensionistas. Mas o marido da Laura surpreendeu tudo e todos quando começou a conversar com alguns animais, nomeadamente com os bovinos, como nos confidenciaram alguns animais: “Fiquei completamente banzo!” – exclamou Hércules, boi de 478 quilos da Ganadaria Está Bem Abelha. “Passou o tempo a falar de como era importante pedir fatura, mesmo das rações que comemos!” – explicou, Zeus, boi de 523 quilos da Ganadaria Lá Fora Mama-as. “O mais impressionante foi quando começou a vender o Audi que podíamos ganhar no sorteio – parecia que estava na Feira dos Usados de Vila Azedo: «Ah e tal, com um CD no retrovisor fica um espetáculo, tem espaço no banco de trás para três vacas e na mala cabem um porradaria de ferraduras!» Ahahah, não me ria tanto desde que vi a Merkel naquele anúncio da Vaca que ri!” –declarou Vulcano, boi de 654 quilos da Ganadaria Há Azar?

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 12:10 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quinta-feira, 08.05.14

É caso para dizer que a moda das selfies e das fotos de comida já chegou (mesmo) a todo o lado. Uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/Engenheiro Sousa Veloso descobriu uma nova tendência no Instagram: há ovelhas na Ovibeja que postam fotos de palha gourmet que comem durante o evento! As ovelhas postam fotos de pratos como Palha em redução de Tinto das Pias, Palha gratinada numa cama de rúcula e espinafres salteados, Palha confitada com Palha de Caviar, Palha de fricassé, Palha recheada com torresmo do rissol, Palha frita em azeite com moelas e acompanhada de vinho verde de Cuba, e McPalha com batatas fritas palha. A utilizadora mais popular desta rede social é a ovelha @Lãnzinha2012 que já tem mais de 3 milhões de seguidores. Ela utiliza hashtags como #aOvibejaélinda #comidanaOvibejarules e #oCastroBritoémaissexyaovivo.

 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 13:12 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Terça-feira, 06.05.14

Mais uma vez Hollywood está atenta à atualidade regional e prepara-se para produzir uma adaptação do filme “Noé” especialmente destinada ao público alentejano. Nesta nova obra, dirigida por Sá Leão, com argumento de Quentin Tarantino, Noé aproveita-se de uma embarcação e da conhecida alegoria bíblica para levar uma vida dupla: por um lado, salva as espécies animais de um dilúvio provocado pela explosão da barragem de Odivelas; por outro, usa a embarcação para traficar vinho novo para Marrocos e transportar os pombos furtados recentemente em Beja. A ação desenrola-se no Vale do Guadiana, quando a Arca de Noé encalha no Pulo do Lobo, e lanchas da GNR chegam ao local para tomar conta da ocorrência. A guarda descobre que Noé tinha um grau de álcool no sangue superior ao permitido pela lei e que os pneus do eixo traseiro da arca estavam completamente carecas. Um dos guardas apercebe-se de um pombo que esvoaça, abre uma escotilha, e encontra dezenas de pombos presos com fita adesiva e com o bico tapado com algodão. O resto do filme é uma trepidante cena de ação entre Noé e as autoridades portugueses, que decorre entre Mértola e Alcoutim. Críticos de cinema
afirmam que o filme é uma mistura entre o “Miami vice” e “Os dez mandamentos”. O papel de Noé será interpretado por Eunice Muñoz e o dos pombos por Nicolau Breyner.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 13:49 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 05.05.14

O povo costuma dizer que, quando se fecha uma porta, abre-se uma janela. A notícia de que os voos charter entre o aeroporto de Beja e o aeroporto Linda de Suza em Paris afinal vão mesmo avançar, é mais um raio de esperança para o futuro
da infraestrutura aeroportuária e para o ex-primeiro-ministro José Sócrates que passa a poder vir a Portugal com mais frequência dar nas orelhas de José Rodrigues dos Santos. Mas a verdade é que esta novidade também foi encarado com alguma desconfiança pelos responsáveis regionais, ainda mais quando se fala da possibilidade do encerramento da maternidade do hospital de Beja. Segundo apurámos, o Ministério da Saúde está a equacionar um sistema em que os bebés
alentejanos serão trazidos por cegonhas de Paris que virão comodamente sentadas na primeira classe dos voos charter, bebendo champanhe Moët & Chandon e comendo amendoins com mel de Corte Gafo. Para além da maternidade, o
Governo quer encerrar as unidades de cardiologia, oftalmologia, psiquiatria, a morgue, as urgências, a pediatria, a unidade de AVC, as máquinas que vendem sandes e bolos de 2013 e os médicos espanhóis que falam como o Vasco Lourinho.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:38 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 27.04.14

“Nós não queríamos dizer nada, mas olhem que estão a ficar com a anquinha larga!” Foi com esta frase que fonte do Governo justificou o paupérrimo investimento na região em infraestruturas e transportes até 2020. Apesar da revolta sentida na região, o Executivo mantem a sua decisão, justificando a mesma com argumentos de.. peso: “Ninguém vos manda abusar tanto do pão, do pão de rala, do pão com linguiça, do pão com manteiga, do pão com melão, do pão de alho, do pão com Nutella, do pão com manteiga de cor e do pão de alho com manteiga de alho. O vosso médico de família diz que vocês tem de andar a pé, mas preferem ficar em casa a emborcar gelado de rum com passas enquanto veem o Quem quer ser milionário. É um favor que vos estamos a fazer. Foram muitos anos a viver acima das possibilidades, agora temos de reduzir custos. Não se habituem a essas mordomias dos transportes públicos. Isto é para o vosso bem: vão adorar ir de Ficalho a Sines a pé, às duas da tarde, num dia de agosto. Diz que faz maravilhas à pele e à linha!” – acrescentou enquanto fazia festas num gato branco e se ria maleficamente.  

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 23:09 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 14.04.14
“Estão a ver meninos, isto é o que acontece quando não estudamos. Ou pior, quando snifamos cola!” Foi com estas afirmações que a professora Blimunda Óscar, do Instituto Politécnico da Bemposta, se despediu dos seus alunos após o visionamento do filme “Sei lá!”, baseado na obra homónima de Margarida Rebelo Pinto. Há escolas da região que estão a mostrar esta longa-metragem aos seus alunos com o objetivo de os alertar para o lado mau da vida. “Há mais perigos na sociedade do que a droga, o álcool, a TVI ou o Magnum Amêndoas. E é isso que queremos que os alunos percebam. Podemos ter uma vida decente, em que trabalhamos das nove às cinco e vamos para casa comer atum em lata, ou podemos acabar nas ruelas obscuras da literatura ou, pior ainda, a escrever para o SOL.” Afirmou fonte do Ministério da Educação, que acrescentou: “Este filme é bom porque é a primeira vez na história da humanidade em que um filme é mesmo melhor do que o livro. E os miúdos percebem bem porque tem uma cadência narrativa ao nível de uma posologia do Brufen ou de uma receita de sopa de tomate! Há escolas em que a experiência tem corrido tão bem que os próprios alunos vão ao quadro voluntariamente escrever cem vezes a frase: os homens não são todos uns cabr***!”

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:50 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 13.04.14
Crean un preservativo que se pone con una sola mano


Ricardo Cataluna às 21:42 | link do post | Não confirmo, nem desminto

O pai do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho tem dado uma série de entrevistas a queixar-se do estado da nação, afirmando que a culpa pela atual situação do país é dos governos anteriores, do rei D. Sebastião, do Pedro Granger, do ébola e da febre dos fenos. Todavia, consta que o pai do PM tem evitado aparecer na rua com medo de sofrer represálias pelas ações do filho no executivo, afirmando que não faz ideia de quem seja “esse tal de Passos Coelho”, mas tem muito orgulho nos outros filhos que são “umas joias de pessoas”, como é o caso de Vlad, o Empalador, Darth Vader, Ming o Impiedoso, e os Irmãos Dalton. O nosso correspondente em Vila Real de Trás-os-Montes apurou que o progenitor de Passos tem uma cave por baixo de sua casa para o caso estalar uma guerra civil apocalíptica em Portugal entre o exército de pensionistas e desempregados e uma legião de Migueis Relvas gigantes com duas cabeças!

 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:36 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Está em risco a libertação de 8 exemplares de lince-ibérico na natureza por haver falta de coelho-bravo, a sua principal presa. Ao que parece a introdução de coelhos do LIDL, coelhos da Páscoa e coelhinhas da Playboy não foi suficiente para manter a subsistência da espécie. A revolta destes animais, em especial dos espanhóis, não se fez esperar: “Não percebemos porque é que os nossos irmãos portugueses ficam passivos perante esta ameaça à nossa espécie. Nós não podemos sobreviver com pires de leite e whiskas saquetas!” – declarou um lince ibérico de Badajoz, que acrescentou: “Eu não saí da Universidade de Felinos, com uma licenciatura em Estudos do Rei Leão e uma pós-graduação em caça ao coelho-bravo para andar a ser alimentado como se fosse um gato siamês comprado na Feira de Castro!”. Os linces espanhóis já admitiram voltar aos tempos em que reproduziam às pazadas e dobravam filmes porno em castelhano para garantir a sua subsistência. Estes animais estão na calha para participar em filmes como o “Bacanal no Parque Nacional Doñana” e o “Delírios Anais do Parque Nacional da Peneda Gerês”.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 14:42 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 07.04.14

Lição de vida importante: quando comprarem carro certifiquem-se do estado dos judeus. Nunca se sabe por onde é que os judeus andaram.



Ricardo Cataluna às 15:57 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Mais uma polémica a marcar o Jardim Zoológico de Copenhaga. Depois de ter matado uma girafa saudável, veio a público a notícia de que responsáveis do Zoo terão mandado abater quatro leões – aparentemente, o motivo desta última medida tem a ver com a chegada de um novo leão que não apreciava a decoração Feng Shui que os anteriores inquilinos tinham feito na jaula e muito menos o quadro de Bruno Carvalho (presidente do Sporting) por cima da velhinha televisão Telefunken. Os responsáveis pelo Zoo dinamarquês tinham receio que as coisas azedassem entre os animais: os antigos eram membros da Juve Leo desde a sua fundação, enquanto que o novo leão é sócio do FC Porto e tem um primo que é árbitro. Todavia, esta tensão entre animais e humanos é crescente e com repercussões a nível mundial! A tensão neste conflito é tão palpável que faz aquela coisa na Crimeia parecer o Bem-vindos a Beirais. Segundo apurámos, a FRLRA (Frente Revolucionária e de Libertação do Rafeiro Alentejano) procura responder na mesma moeda, raptando três tratadores e dois veterinários do Badoca Park. A Frente lançou um comunicado a reivindicar o rapto, afirmando tratar-se de “uma resposta aos acontecimentos na Dinamarca” e exigem o pagamento de 5 milhões de euros mais 2 toneladas de Pedigree Pal em troca da libertação dos reféns. “Chega de exploração e de maus tratos! Esta ação é também pelos nossos camaradas que têm de usar aqueles abajures ao pescoço para não coçarem feridas. Somos animais, não candeeiros do IKEA!” – lê-se no comunicado.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 15:53 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 02.04.14

Realizou-se no início do mês de março, na Cabeça Gorda, a 1ª Edição do Silarca - Festival do Cogumelo. O certame foi um êxito – os visitantes puderam provar as mais variadas iguarias, mas houve uma barraquinha muito discreta que vendia cogumelos… especiais. A empresa Alucinações Nucleares vendia cogumelos alucinogénios de todo o mundo e o elevado número de vendas surpreendeu toda a gente, como nos relatou a nossa correspondente na Salvada: «Estava tudo calmo na freguesia da Cabeça Gorda quando as pessoas começaram a ingerir aqueles cogumelos. Josélia, 65 anos, comeu um cogumelo com sabor a Miguel Relvas e afirmou ter visto parte da reforma que lhe tinham tirado em todo o lado e disse que nas próximas eleições ia votar Passos Coelho – tiveram de lhe enfiar um par de estalos nas ventas e mergulhá-la em água fria. Um casal de Albernoa ingeriu cogumelos com sabor a Pita Ameixa e só via aviões carregadinhos de turistas azuis a aterrar no Aeroporto de Beja e uma autoestrada entre Ficalho e Sines com 12 faixas para cada lado – foram resgatados por militares do Regimento de Infantaria 3 e encontram-se em parte incerta! Mas a história mais marcante foi a do senhor Elias que experimentou cogumelos com sabor a Rui Machete: o indivíduo só imaginava que havia um PSD em Beja e começou a pedir desculpa a todos os angolanos de duas cabeças que encontrava. Ao que apurámos, o senhor foi internado numa clínica em parte incerta e convidado para o Ministério dos Negócios Estrangeiros!»

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:03 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Sexta-feira, 28.03.14

Mais uma vez, o Alentejo está na rota da sétima arte: uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/Mário Augusto/Críticos-de-Cinema-do-Público-que-não-gostam-de-nenhum-filme-recente descobriu que está a ser preparada uma versão regional do filme norte-americano «Her» – a história de um homem que se apaixona pelo sistema operativo de um computador. O realizador Fausto Carrapiço, responsável por filmes alentejanos como «Meia Noite em Ferreira do Alentejo», «Paris»,«S. Brissos» e «Para a Póvoa de S. Miguel com Amor», já escreveu o guião da versão alentejana de «Her» e levantou-nos a ponta do véu: «Este filme vai dizer muito às pessoas pois é baseado em factos reais – os problemas informáticos que afetam os profissionais de saúde do Hospital de Beja. É a história de um médico alentejano que se casa com o sistema operativo do seu computador do trabalho, mas que no fundo continua apaixonado pelo sistema operativo antigo, aquele que o deixava passar receitas, exames à próstata e jogar Minesweeper, ao contrário do atual que não o deixa fazer nada e só lhe dá vontade de partir estetoscópios. Trata-se de uma história de amor e traição, que inclui suspense, cenas de perseguição com macas e lutas corpo a corpo com algálias!» – explicou. Segundo o IMDB, o papel de médico alentejano será interpretado por Nicolau Breyner, o papel de sistema operativo antigo estará a cargo de Eunice Muñoz, e o papel de sistema operativo atual recairá sobre Paulo Macedo.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:55 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 24.03.14

A oposição socialista à Câmara de Beja fez duras críticas à gestão de João Rocha. Foi um PS invulgarmente violento aquele que nos explicou o porquê de críticas tão duras. «Se isto continua assim, Beja vai regredir para níveis de vida equivalentes ao que existiam no século III a.C. Sabe o que é que isso implica? Significa viver numa cidade sem meia laranja nas Portas de Mértola e com um Luiz da Rocha que só serve empadas a partir das 15 horas! É isso que queremos? E digo-lhe mais! Este executivo é responsável pelo degelo dos glaciares, pelo desaparecimento de D. Sebastião e pela extinção dos dinossauros. Em relação a este último aspeto, é particularmente grave! Hoje podíamos ter um parque jurássico com todas as condições, com local para os dinossauros poderem dormir, reproduzir-se e ligar para os discos pedidos da Castrense, e em vez disso temos um parque da cidade com osgas no verão, ratos mortos no inverno e um bando de patos psicopatas o ano todo! Mas isto admite-se?» – explicou elemento ligado ao PS que ia começar a ver o espaço de comentário de Sócrates para se acalmar.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:58 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quinta-feira, 20.03.14

O presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, em entrevista ao Público, veio queixar-se do facto daquelas instituições estarem a sobreviver com uma «mesada do Governo» e que o dinheiro mal dava para as despesas. A nossa página, numa investigação conjunta com o politécnico de Vales Mortos e o politécnico de Viana do Alentejo, apurou que a situação nestas instituições é crítica, havendo dificuldade para abastecer as cantinas, comprar papel higiénico e pagar o fornecimento de oxigénio. «Neste momento nem sequer temos internet na escola. Se quisermos mandar um correio eletrónico para um colega, tem de ser através de pombo-correio com uma mensagem na patinha, o que é uma chatice porque depois também não há dinheiro para a comida dos animais» – declarou fonte do politécnico da Póvoa de S. Miguel. «Este Governo é como um pai arruaceiro que nos dá uma mesada e depois vem cravar dinheiro antes do final do mês para tabaco, quando esturrou tudo em bejecas, petiscos, telemóveis para o Relvas e CD’s do Quinzinho de Portugal!» – disse um professor do politécnico de Corte Vicentes Anes que se preparava dar uma aula com sombras chinesas porque o retroprojetor tinha sido vendido para pagar a luz.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook

 



Ricardo Cataluna às 16:35 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 03.03.14

Pensava que era só com o circo que o elefante vinha ao Alentejo? Desengane-se, prezado leitor: descobertas recentes no território costeiro entre Porto Covo e Milfontes revelam pegadas fossilizadas de elefantes-de-presas-direitas, parentes do elefante asiático e afilhados do Elefante Branco. Através dessas pegadas, descobriram-se factos surpreendentes sobre estes animais, como nos explicou o especialista José Elefante Azul: “Através dos rastos deixados por esta espécie, é perfeitamente possível analisar alguns dos seus hábitos. Vê-se, claramente, que comiam croissants mistos ao pequeno-almoço numa pequena pastelaria em Porto Covo, enquanto que aos sábados almoçavam sardinha em Sines. Já para a prática do windsurf, preferiam a praia de Milfontes, como se pode ver pelas sandálias de enfiar no pé e nas pranchas encontradas junto aos fósseis. Eles evitavam a praia de Sines desde a construção da refinaria. Consta que ao mais novo do Babar lhe apareceu um segunda cauda e nunca mais tiveram confiança no local.” Para além disso, também é percetível o gosto cultural dos elefantes que iam ao cinema a Santiago do Cacém ver o Dumbo e o Homem Elefante, e no verão abalavam com a tenda às costas para ver o Festival do Sudoeste, desde que não tivesse o Lloyd Cole como cabeça de cartaz.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:59 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 02.03.14

A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, sugeriu que as cerimónias de comemoração do 25 de Abril fossem pagas recorrendo ao mecenato (patrocínio). A proposta gerou alguma controvérsia, mas os parlamentares apressaram-se a sugerir formas de financiamento como: vender deputados como alvo para sessões de paintball; a deputada Heloísa Apolónia (PEV) propôs usar a sua voz potente para testar os tímpanos dos doentes do SNS; e o deputado João Almeida (CDS) ofereceu-se para ser o modelo da coleção primavera/verão da Cenoura, sendo que seria pago em gomas. Para além disso, a própria presidente da AR decidiu meter as mãos na massa e começou a acumular com dois part times: um, durante o dia, a vender rifas que dão direito a um sorteio, cujo primeiro prémio é um cabaz que inclui o socialismo que Soares meteu na gaveta e uns óculos para assistir a mais uma comissão sobre Camarate em 3D; outro, à noite, em que lava as escadas da representação da Troika em Portugal. Em declarações à nossa página, Assunção Esteves afirmou sentir-se carregadinha de soft power para arranjar dinheiro e comemorar a revolução de Abril” e que só se sente com o “nível frustracional em alta por estar inconseguir na remoção de manchas do chão”, prometendo trazer o lava tudo com cheiro a aloé vera da sua casa.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 23:05 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Era só para avisar. Se me virem triste e cabisbaixo na rua, sou eu mascarado de contribuinte.



Ricardo Cataluna às 23:00 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 23.02.14

Jimmy Fallon susbstituiu Jay Leno nos destinos do Tonight Show. Que tenham melhor sorte do que o Conan. Por esta amostra, a coisa promete.

 



Ricardo Cataluna às 21:21 | link do post | Não confirmo, nem desminto

O Conselho Distrital da Ordem dos Médicos denunciou uma série de situações em que os profissionais têm sentido enormes dificuldades a trabalhar com o material informático disponível naquelas unidades de saúde, criando grandes constrangimentos no serviço e no atendimento aos pacientes. São, aliás, estes últimos que mais têm sentido na pele estes problemas, como nos relatou Julieta Su & Sida, reformada e antiga música dos GNR: «Já é a quinta vez que venho a uma consulta com a minha médica de família e é um desatino. O computador não lhe deixa fazer nada: nem passar receitas, nem pedir exames, nem jogar Angry Birds, zero! Ela coitada fica tão doente com aquilo que quase tem uma apoplexia. E eu também me enervo com facilidade, pois da última vez que saí daqui apanhei uma amigdalite e um trojan horse que me deixou à rasca da coluna e queimou-me a placa gráfica por baixo dos meus rins! Só eu sei o que sofri com estes problemas informáticos: tive de tomar um Aulin de oito em oito horas e um Kaspersky a seguir às refeições…” – declarou a única portuguesa que aparece no dicionário de termos médicos: na definição “hipocondríaca” diz “ver Julieta Su & Sida”.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:18 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Sexta-feira, 21.02.14

Foi notícia da última edição do Diário do Alentejo: a freguesia de Bicos foi a única que desapareceu do mapa. A Não confirmo, nem desminto, depois de uma apurada investigação, descobriu o paradeiro da freguesia e falámos com ela através do Skype: «Ainda estou muito magoada com aquilo tudo! Eu que tinha tão boas condições fui preterida em benefício daquelas maganas de Colos e Vale de Santiago que ainda gozaram comigo. Muito amigas pela frente e depois falaram mal de mim nas costas! Decidi sair do país, arranjar trabalho como freguesia em Espanha, província em Angola, mas agora só querem freguesias da China, que são mais baratas e não têm a mesma qualidade. Acabei em Inglaterra onde lavo pratos e vendo postais do Big Ben. É a vida que podemos ter…» – declarou uma chorosa freguesia de Bicos que divide um apartamento nos subúrbios de Londres com uma freguesia polaca.

 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:38 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Mais uma polémica alimentar que marca a atualidade: há restaurantes e supermercados em Portugal que estão a servir aos seus clientes carne falsa de porco preto alentejano. A ASAE desconfia que a carne é proveniente de outros países, nomeadamente de Espanha, como nos explicou o inspetor Hércules Colombo: «A nossa instituição já anda a seguir este caso há muito tempo. Enviámos um agente nosso disfarçado de bácoro para uma pocilga junto à fronteira com o país vizinho – esteve sob disfarce durante meses e conseguiu descobrir que é tudo obra da máfia de porcos brancos de Encinasola que quer introduzir bifanas low cost e coiratos com sabor a tremoços no nosso país!» – explicou. O SEF também tem estado a seguir a movimentação de porcos pretos que alugaram uma vivenda no Pedrogão e que se fazem passar por alentejanos, mas que dizem coisas em espanhol como: «¡Sí, oh sí, cariño!», «Quiero ser como tú» e «Voy a ver Verano Azul».

 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:34 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Segunda-feira, 17.02.14

Imagem gentilmente cedida pelo nosso seguidor no twitter @manuelparreira. Para ver mais quadros desta coleção vá aqui.

 

A leiloeira Christie’s decidiu cancelar o leilão dos quadros do pintor catalão Miró que pertenciam ao BPN. A indignação tomou conta das redes sociais e foram milhares os internautas que se insurgiram contra esta venda, apesar de muitos nunca terem ouvido falar do pintor e outros acharem que se tratava de uma personagem da Guerra dos Tronos. Cavaco Silva afirmou que “aprecia Miró enquanto pintor”, o que lhe fica bem, porque há aqueles que confundem com Miró, o canalizador ou Miró, o decorador de interiores. Por outro lado, o nosso correspondente em Vila de Frades, numa investigação conjunta com a Galeria dos Escudeiros, descobriu que os 85 quadros de Miró estariam na Herdade de Oliveira e Costa, na Vidigueira, onde serviam de bases para copos, para apontar números de contas em offshores e fazer listas das compras. 

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:17 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 12.02.14

Depois da versão ópera do filme Brokeback Mountain, um grupo de teatro amador regional quer levar à cena uma versão alentejana desta ópera no Cine Teatro da Mina da Juliana. Falámos com o encenador Timóteo Enola Gay que nos contou um pouco do enredo: “É a história de amor proibido entre dois pastores que se apaixonam perdidamente nas planícies alentejanas e que lutam diariamente contra o preconceito, a homofobia e as pontas espigadas. Será uma ópera com toques alentejanos, em que poderemos ver o casal desde o momento em que os seus elementos se apercebem dos sentimentos que nutrem um pelo outro quando estão a apanhar hortelã da ribeira para um caldo de peixe, até ao ponto em que decidem sair da choupana e assumir a sua natureza humana sem serem perseguidos pelos outros pastores e os seus cães hetero! Posso adiantar que, ao contrário do original, a história acaba bem, com os nossos protagonistas a casar numa praia da costa alentejana, cada um com o seu bouquet cheio de espigas de trigo e papoilas e a menina das alianças será a ovelha Dolly.» - declarou. A música do espetáculo estará a cargo de artistas como Lara Li, Dina, Boy George, George Michael, Freddy Mercury, Elton John, Ricky Martin, Village People, Nuno da Câmara Pereira e o Grupo de Cantares Alentejanos do Chiado.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 22:14 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quinta-feira, 06.02.14

A delegação da Não confirmo, nem desminto nos Estados Unidos, a CNN, escolheu a cidade de Lisboa como a mais «cool» da Europa. Mas as distinções da televisão americana incluíram outras localidades, como, por exemplo, a cidade de Beja, a qual foi considerada a mais «tótil fixe» a sul do paralelo de Portel. A repórter que esteve na capital do Baixo Alentejo enunciou alguns dos motivos que levaram aquela televisão a distinguir Beja com tão prestigiosa menção, num registo muito descontraído e próprio da juventude: «Beja tem, tipo, bué de cenas para, tipo, ver LOL, como, tipo, a Igreja dos Prazeres, o Arco dos Prazeres, o Restaurante Os Prazeres da Dobrada, o Castelo que é me ‘mo, me ‘mo, me ‘mo, me ‘mo, me ‘mo, me ‘mo, tipo bué grande e assim! Depois há um Aeroporto que é tipo, grande que até dá para estacionar aviões, autocarros, o Fernando Mendes e organizar festas assim bué grandes como raves, festas de aniversário ou colóquios com os milhares de assessores nomeados por este e pelos outros governos! Ya, tipo…». A CNN considerou, ainda, S. Manços (Distrito de Évora) como a localidade da Europa onde é mais provável haver um tsunami e Vila Nova de S. Bento como a localidade do hemisfério norte onde é mais provável um vulcão entrar em erupção!

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 11:23 | link do post | Não confirmo, nem desminto

A Entidade Regional de Turismo lançou uma aplicação para dispositivos móveis que ajuda a promover e a descobrir aquilo que estas duas regiões têm para oferecer. Ao que conseguimos apurar, a aplicação esteve para se chamar «É já ali!», expressão utilizada por muitos alentejanos para dar indicações a turistas. «Desistimos rapidamente da ideia!» – explicou fonte da instituição, que acrescentou. – «Achámos que era má publicidade. Chegam-nos milhares de queixas de turistas que pedem indicações a residentes e fazem o percurso a pé pensando que não levam muito tempo e acabam perdidos no meio de um descampado, despidos da cintura para baixo, dormindo ao lado de um animal de porte médio! Assim, sempre fica com um nome mais apelativo!» Recorde-se que a aplicação está disponível para Android, iPhone, telemóveis de cortiça, de cobre e fogueiras emissoras de sinais de fumo.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 11:21 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Domingo, 02.02.14

A situação na Ucrânia continua a gerar grande preocupação na comunidade internacional. No Vaticano foram lançadas pombas da Paz como forma de alertar para a situação naquele país. Todavia, os animais foram intercetados por um corvo e uma gaivota. Mas dois caçadores do Penedo Gordo têm uma versão diferente dos acontecimentos, como nos explicou um deles, o senhor Adelino Mentiroso: «As voltas que os Media dão para tirar o mérito aos caçadores! Não são capazes de admitir que eu e o meu mano é que abatemos as pombas e fizeram aquela montagem com a gaivota! Pois fiquem a saber que as pombas eram bem roliças e comemos um magnífico arroz de pomba da paz com um tinto de Albernoa que foi um espetáculo! Estava ali para os lados de Trigaches com o meu mano e começamos a andar muito à procura de javalis e quando demos por ela chegamos a uma tal de Praça de S. Pedro ou lá o que é! Vimos um pitéu daqueles a sair de uma janela de um pombal muito grande e nem hesitámos! Ainda disparei contra uns pinguins mas o meu mano é que me disse para me acalmar porque afinal eram freiras, e que podia ir parar ao inferno, ou pior, a Pinheiro da Cruz!» – confidenciou-nos o caçador enquanto exibia, na mala da sua 4L, Pombas do Intermarché, Rolas do Continente e Avestruzes da Feira de Castro.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:14 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 29.01.14

O início do ano ficou marcado pela chegada às farmácias portuguesas do genérico do Viagra. Na nossa região, o novo fármaco fez sensação, levando milhares de idosos a adquirir o comprimido azul a um preço mais em conta, como nos explica a Dona Veva Libido: «Foi a melhor coisa que aconteceu cá em casa! Antes, tinha uma vida sexual muito pobre... Era mais fácil o cometa Halley passar pela terra todas as semanas, do que eu ter alguma ação no campo amoroso. Agora, chegamos a fazer amor quase duas vezes por mês! Ando tão cansada que até fico com cãibras nos joanetes! O meu Arlindo anda possesso e, como já estava desabituado, deslocou a bacia seis vezes! Não sei se aguentamos muito mais tempo… Mas olhe, entre isto e andar a ver novelas da TVI, prefiro praticar a primeira página e meia do Kamasutra com o meu homem. E este genérico também ajudou muito cá em casa. O meu Arlindo consegue manter uma ereção durante tanto tempo que consigo secar fronhas das almofadas – é só tirar da máquina, prender com molas e já está. A minha vizinha Paulina consegue fazer o mesmo com edredons. Mas também temos de ver que o marido é moçambicano, não é verdade!?».

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:51 | link do post | Não confirmo, nem desminto

A partir deste ano, as Finanças irão sortear bens penhorados, como automóveis, a quem pedir fatura, com o propósito de incentivar as víti…, perdão, os contribuintes portugueses a ajudar a amealhar mais dinheiro e evitar a fuga aos impostos. Uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/João César das Neves, apurou, todavia, que não serão apenas bens penhorados que terão este fim, uma vez que o Fisco também se prepara para incluir no sorteio as camas recentemente fechadas do Hospital de Beja, como nos confidenciou Abel Estrado, funcionário do Ministério das Finanças e bailarina exótica à noite: «Tínhamos de aproveitar! As camas iam ser jogadas para o lixo, ou pior, iam ser desmanteladas em peças para serem reutilizadas numa Ford Transit de 1982 ou no coração de Paulo Macedo. Assim, podem servir a alguém que precise! Repare, estamos a falar de uma senhoras camas, não aquelas coisas que vendem no IKEA ou na Moviflor. E, em faturas superiores a 5 euros, ainda oferecemos um suporte para o balão de soro! Acredite, quando tomar conhecimento da nova tabela de retenção na fonte do IRS, bem vai precisar…».

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



Ricardo Cataluna às 21:50 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Quarta-feira, 01.01.14


Ricardo Cataluna às 21:35 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Twitter
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
27
28
29
30

31


Artigos recentes

Na versão cigana do GTA o...

Pequenos acionistas do BE...

Praga de ácaros no Hospit...

Torre de Menagem encerrad...

Garrett MacNamara convida...

Mariana Alcoforado, Mário...

Lince Ibérico era para se...

Coreia do Sul já não vai ...

Exclusivo “Não confirmo, ...

Canal do Sporting emitirá...

Garrett MacNamara convida...

António Costa é o novo Me...

Arabic Fest – ASAE confis...

Passos Coelho telefonou a...

Governo congratula-se com...

Arquivo
Espere pela volta do correio e receba o "Eu é mais bolos" por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Contacto
Mail
links
Rádio
subscrever feeds
blogs SAPO
Eu paguei-lhes para se linkarem para aqui
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
PNEThumor
Facebook