Domingo, 15 de Janeiro de 2012

Os rumores de que a Maternidade de Beja pode encerrar por realizar menos de 1500 partos por ano estão a causar grande consternação na região e nos empresários da indústria do Lamaze. Bombeiros de Barrancos e Odemira já começaram a ter formação para realizar partos dentro de ambulâncias a caminho de Évora, com destaque para os módulos “A utilização de forceps numa Ford Transit de 1992” ou “A cesariana nas estradas da Serra da Adiça”. Do mesmo modo, já se começaram a recrutar cegonhas para efetuar voos desde Paris, os quais, segundo apurámos, são muito mal encarados pelos habitantes da região, mas são vistos com bons olhos pela deputada Inês de Medeiros.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo



publicado por Ricardo Cataluna às 10:15 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Twitter
mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Depois do lançamento dos ...

Na edição alentejana do M...

Ministério da Educação en...

Vendedor cigano comercial...

Câmara de Beja proíbe a c...

Salão do Cavalo em Beja c...

Internet no Alentejo

Crise: Jihadistas só admi...

51 suínos apreendidos na ...

População da Amareleja pr...

Meme #2 - O Adolfo gosta ...

A carta (the letter) de M...

Escândalo de fotos privad...

Meme #1 - Titanic

Investigação Não confirmo...

arquivos
Espere pela volta do correio e receba o "Eu é mais bolos" por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Contacto
Mail
links
Rádio
subscrever feeds
blogs SAPO
Eu paguei-lhes para se linkarem para aqui
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
PNEThumor
Facebook