Quarta-feira, 9 de Outubro de 2013

 

Os rumores de que o serviço de finanças poderá encerrar em Beja estão a gerar grande indignação a nível local, em Vales Mortos, em Gasparões, mas também em diversas instâncias nacionais, como é o caso do Tribunal Constitucional. Uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/Braga de Macedo/Pina Moura descobriu um relatório do TC que defende o não encerramento deste tipo de serviços: «Os cidadãos têm direito a usufruir de serviços públicos, sem serem obrigados a percorrer grandes distâncias. Os privados não têm a capacidade para pendurar um contribuinte pelos dedos dos pés e abaná-lo até caírem as moedinhas todas… Só num serviço público é que um contribuinte pode ser sodomizado fiscalmente, vergastado no lombo com o código do IRC, e afogado em notificações para pagar o IUC de um Simca de que o seu avô era proprietário.» – conclui o mesmo.

 

Texto publicado na página Não confirmo, nem desminto do Diário do Alentejo

Também disponível no Facebook



publicado por Ricardo Cataluna às 17:16 | link do post | Não confirmo, nem desminto

Twitter
mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Depois do lançamento dos ...

Na edição alentejana do M...

Ministério da Educação en...

Vendedor cigano comercial...

Câmara de Beja proíbe a c...

Salão do Cavalo em Beja c...

Internet no Alentejo

Crise: Jihadistas só admi...

51 suínos apreendidos na ...

População da Amareleja pr...

Meme #2 - O Adolfo gosta ...

A carta (the letter) de M...

Escândalo de fotos privad...

Meme #1 - Titanic

Investigação Não confirmo...

arquivos
Espere pela volta do correio e receba o "Eu é mais bolos" por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Contacto
Mail
links
Rádio
subscrever feeds
blogs SAPO
Eu paguei-lhes para se linkarem para aqui
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
PNEThumor
Facebook