Domingo, 25 de Outubro de 2009

A delegação do Eu é mais bolos... em Kandahar enviou-nos uma reportagem exclusiva que nos relata alguns dos dramas dos bombistas suicidas da Al-Qaeda. É uma peça publicada em rigoroso exclusivo no nosso blog, para o mundo inteiro e também para a localidade de Montoito.

 

- Bombistas suicidas da Al Qaeda fazem greve à porta da fábrica de explosivos.

 

A crise internacional também está a afectar os terroristas. É cada vez mais difícil financiar actos terroristas, lançando milhares de bombistas suicidas no desemprego. Muitos deles são forçados a realizarem trabalhos para os quais não recebem formação, como Operadores de Call-Center ou Fiscais da EMEL.

 

Walid Al-Muhar, sindicalista dos bombistas de Kandahar-de-Cima, convocou uma greve à porta da fábrica de explosivos na Rua Al-Mutamid, esse grande anti-fascista (os de Beja vão perceber a piadola…).

 

“Eles pensam que nos enganam, mas nós não saímos daqui enquanto não nos garantirem trabalho. Há aqui gente que tem mais de 20 anos de casa, e muitos deles nem tinham direito a subsídio de transporte. Vinte anos sempre a rebentar: saímos de casa para o trabalho, um tipo rebenta; faz pausa para o almoço, depois recomeça a rebentar; às vezes até temos de levar trabalho para casa e as nossas mulheres começam a azucrinar-nos a pachorra – oh Walid, já não basta deixares as meias no chão da cozinha, e insistes em rebentar na marquise.”

 

Os sindicalistas prometem não ficar por aqui: “Já montámos piquetes para impedir a saída das máquinas das fábricas. E não nos venham dizer que não há dinheiro! Se há dinheiro para emitir vídeos de uma gruta do Paquistão, também há dinheiro para manter os nossos trabalhos! Não me digam que não conseguem arranjar financiamento para comprar C4 ou piri-piri do LIDL (segundo descobrimos, é o material ideal para temperar frangos assados e limpar o calcário das máquinas de lavar).



publicado por Ricardo Cataluna às 17:06 | link do post | Não confirmo, nem desminto

2 comentários:
De Regina a 26 de Outubro de 2009 às 14:11
Meu Deus!!! Nunca me ri tanto! Não devo ter percebido a piadola alentejana....mas ri na mesma...rsrs...Vida de bombista é dificil, foge...


De Ricardo Cataluna a 26 de Outubro de 2009 às 19:02
Muito obrigado, Regina!

A piadola tem a ver com o facto de haver uma série de ruas em Beja com o nome de pessoas, que me merecem todo o respeito, mas que pouca gente sabe quem são. Pessoas essas que são identificados com a descrição "Anti-fascista" entre parêntesis.


Comentar post

Twitter
mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Depois do lançamento dos ...

Na edição alentejana do M...

Ministério da Educação en...

Vendedor cigano comercial...

Câmara de Beja proíbe a c...

Salão do Cavalo em Beja c...

Internet no Alentejo

Crise: Jihadistas só admi...

51 suínos apreendidos na ...

População da Amareleja pr...

Meme #2 - O Adolfo gosta ...

A carta (the letter) de M...

Escândalo de fotos privad...

Meme #1 - Titanic

Investigação Não confirmo...

arquivos
Espere pela volta do correio e receba o "Eu é mais bolos" por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Contacto
Mail
links
Rádio
subscrever feeds
blogs SAPO
Eu paguei-lhes para se linkarem para aqui
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
PNEThumor
Facebook